18 de ago de 2008



Hj eu assistí ao indicado Oscar de Melhor Canção Original -por "Raise It Up". O SOM DO CORAÇÃO.


Eu. como gosto do estilo, gostei.

Logo depois, procurei algumas críticas sobre o filme.


Um famoso crítico q parece não ter assistido, teve a infelicidade de dizer em seu blog que no filme, o pai da criança IGNORA a existência do filho. Eu, indignado, enviei um comentário perguntando se ele assistiu mesmo o filme, afinal de contas, no filme, o pai do garoto, interpretado docemente pelo incansável Freddie Highmore, não sabe da existência do filho!


Agora minha opinião.

Tudo bem que o filme conta com um pouco de auto confiança demais por parte do personagem principal, o garoto Ewan Taylor. Ele acredita fielmente que através do som da música ele será milagrosamente encontrado por seus pais, um cantor de rock, e uma violoncelista.

A mãe, interpretada em linha reta pela atriz Keri Russell (Felicity). Emociona com o olhar.

O pai, interpretado por Jonathan Rhys Meyers, parece realmente saido de uma banda e jogado no cinema.

Mas o que era provável aconteceu, Robin Williams encontra graça em um personagem que não tem graça, inspirado em Bono, do U2.

Por fim, a musicalidade do filme realmente é incontestável.

Um filme bom, que rende emoção, e entre uma cena e outra, esperança!

Um comentário:

Bruno disse...

amiiigo, esses filmes de drama são a sua cara, meldels, prefiro os de ação, porrada e humor :D
te amo . bj e comenta no meu blog tb www.sweet-sacrifice.org/blog