8 de abr de 2009

Sem titulo

Aos ventos estapafúrdios do amanhã, lamento dizer que serei eu, que continuarei aqui, ocupando espaço nesse pequeno planeta. Emplantando pensamentos semi-interessantes em minha vida mais ou menos cristalina. Não que eu queira dizer que sou uma fortaleza, muito pelo contrário, me derreto com uma simples passada de mão da pessoa amada. Apenas tô tentando dizer a mim mesmo, que sou forte o suficiente pra aguentar os apertos no coração, as chuvas e tormentos que com certeza, são implicância do cosmos! (adoro essa palavra, "cosmos")É difícil definir em poucas linhas como se é, existem vários sentimentos invertebrados, que nem mesmo nós, conhecemos ao fundo. Amor, dor, prazer, ódio, raiva, medo, insegurança, segurança, positividade e paciência. Esses são uns sentimentos básicos, que podem ser definidos apenas com uma palavra, ou seja, elas mesmas. Mas não espere de você mesmo, uma definição do que é, o que você é, é formado a cada dia, preste atenção as pessoas a sua volta, muitas vezes por elas, você consegue se ver, ou ainda, olhe além, como em Patch Adams, Olhe além do que você vê!

Um comentário:

O Iluminado disse...

Que isso hein! fodastico!