29 de jun de 2009

Issaê!

Bem que eu gostaria de ser a Paula Toller, aquela mulher eh um vinho! Ainda mais nestes ultimos dias, em que eu tenho sentido que o tempo está cada vez mais curto, eu tenho sentido cada hora se passar! Eu deixaria de ser afligido por alguns pensamentos que eu sei que são bobos, mas que já é algo constante. Essa minha inevitável mania de esconder meus dedos, coisa mais estranha, as vezes sinto meus dedos pesados, eu gosto mesmo dos meus pés...ah como gosto! Me sustentam o dia inteiro! E a noite também...rs





Os prédios já estão quase prontos... tah vendo como o tempo passa? ontem eles estavam começando a construção, (continuo prestando atenção em meus dedos quando digitam, que sofrimento!) tudo cada vez mais urbano, eu não era acostumado com prédios, isso pode soar estranho, mas é fato.




No meio do caminho dessa tarde, percebí os opostos nessa rua, de um lado o prédio em construção, e do outro uma roça, e digo roça com muito orgulho, adoro roça, tenho lembranças maravilhosas da minha vida em roças...era necessário dizer isso?

Será que esse espaço vai resistir muito tempo?

Será que essa sensação de que tudo está passando muito rápido é normal?


















Penso no mar, penso nos cachorros, penso nos meus óculos, penso em comer, penso em tudo que está pra vir, paro pra pensar em como eu sou medroso com o tempo! Meus olhos lacrimejam e tudo...eu sou dramático?! Pergunta interna. Acho que o meu problema, é pensar demais nos problemas.

Ficar consigo mesmo durante um bom tempo, pode ser considerado masoquismo, chega um certo momento que vc não se aguenta mais, aí vem uma novela com um menino esquisofrênico, e o povo já começa a achar que a voz so seu inconsciente eh um comandante do século XV que te indica todas as coordenadas de onde achar a chave da bomba! ui...fui longe demais!
Mas no mais, a gente ri né, a gente pensa nos episódios gostosos, aqueles de meio de temporada, gosto assim! gosto mesmo.

Foram definidas todas as músicas destes meus ultimos meses, depois vou colocar a lista das minhas 12 musicas prediletas.
Cassia Eller voltou com uma canção! isso é ótimo.

Mas sabe q eu gosto de ser eu?! Passou, não quero mais ser Paula Toller! Quero ser Rond mesmo, eu sou assim, tenho esses meus defeitos né...ma, sou um ser humano, será a crise dos 21? jah postei sobre isso faz um tempo! Só pode ser isso...achei a explicação pra tudo.
-Rond, pq vc tah nervoso?
-É a crise dos 21!
PERFEITO!!!


Cheguei...


12 comentários:

O Iluminado disse...

Muito lindo o que você escreveu...
Esses dedos vão longe acredite!
E vc é o Rondson porra! Uma pessoa maravilhosa!
Eu queria ser a Rita lee mas e daí? rs
bjus

Juliana Mendes disse...

êaaaaaaaaaaaa...
SOu multivitaminadaaaaaaaaaaaaaaa...
vc deve ter vergonha dos seus dedos...
como aquelas meninas que ficam corcundas p esconder os seios..
(:
hehe
po... ñ tem nem como comentar tudo que eu pensei em comentar sobre todas as fts e tudo que vc escreveu...
Mais curti (;

Quem sabe eu n volto!?
Beijos

Jay e Alê disse...

Olha eu gostei do que vc escreveu e muito mesmo. Tudo tão paradoxal e ao mesmo tempo cheio de significado. Engraçado que as vezes as coisas vão mudando a nossa volta e a gente nem se dá conta. Bonita a leitura que vc foi fazendo da realidade a sua volta.
Mas Ká entre Nós, eu já vi falar de muitas crises, mas a dos 21 pra mim é novidade kkkkk. Ou será que eu to meio fora da realidade hehehehe pode ser isso tb.
Rond, é sempre muito bom ter vc no Ká entre nós.
bju com carinho amigo.
E seja vc mesmo, a Paula é tudo de bom, com certeza. Mas com certeza no fundo, no fundo, como já aconteceu, vc chegou a conclusão q o melhor é ser vc mesmo.
Te abraçamos com amizade sincera.

shaaa disse...

adorei tudo! as fotos e as palavras se encaixam perfeitamente!!

pra que ser Paula Toller?!!? essa eu não encontraria de bobeira com o Bruno pela Lapa!
hahahahahha

Tríade disse...

A vida passa muito rapidamente...de facto...há que aproveitar o dia a dia!

:: Fatima :: disse...

Passei pra retribuir sua visita!

Valeu pelo comentario e pelo elogio tbem!Engracado,porque eu nunca gostei do meu nome!Axo que agora vou olhar com outros olhos,vou começar a gostar!

Brigado mesmo!

BjOs e volte sempre!

Déia disse...

Oi, vim te conhecer e adorei!
Eu adoro a Paula Toller, ela foi a minha voz na adolescencia! rs
Voltarei, ta? bj

Jay e Alê disse...

Obrigado de montão!
A gente aparece pouco no msn, mas add a gente lá, quem sabe um dia desses a gente não troca uma idéia.
ok. Abraço pro Athila tb.
Bju nosso

Carol disse...

E a vida é assim, feita de contrastes! Pés e mãos, cidade e roça...
Eu pensava que Michael era imortal e veja só o que aconteceu. Melhor ser eu mesma, assim, nesta vida besta que uma vez descreveu o poeta!

pauloveras disse...

Muito bom esse diário intinerante/movel/ambulante/fotográfico.... enfim, bom mesmo. E esses dedos? Ah esses dedos.... terão muita longevidade. Abraços e bom resto de semana.

Cαmilα ♥ disse...

Que post bacana! Adorei as fotos...
Sou fã da Paula Toller (mesmo ela tendo deixado o Leoni de lado.)

E gostei da analise das novas construçoes e contrastes urbanos.

Você sabe muito bem como prender a atençao do leitor.

Um beijO!
=*

Ricardo Aiolfi disse...

o tempo passa
a gente muda
mas no fundo


a gente continua o mesmo