14 de mai de 2010

O que fazer quando se descobre que o céu pode ficar azul só pra vc? Não o azul normal que vemos desde a infância, AZUL intenso, azul vivo...Aquele azul que só vc entende.
Quem nunca temeu ficar só? rs, dou risada de falar sobre isso, estou começando a entender sobre esses assuntos agora, com 22 anos.
Me poupe Rond (momento auto reflexivo), medo de ficar só aos 22?!
A vida pode ser refeita, as amizades fortalecidas, as cores mais vivas. E as preocupações? Podem ser deixadas de lado? que preocupações? Quais são elas?
Colocando meu lado hippie a tona, Paz e Amor, ou seria uma fuga? Afinal de contas, se for parar pra pensar no lado hippie, em questão de personalidade, podemos chegar a conclusão que consciencia hippie, pode ser consciencia em fuga. Que foge de determinada realidade... Porém, o lado místico pode falar mais alto...tah, nunca fui muito ligado nesse meu lado místico, blz...assunto hippie fora!
Algum problema gostar de Sandy?!
Acho que devo mesmo é deixar as coisas acontecerem naturalmente, sem idelaizar, sem combinar, deixar que as coisas aconteçam de surpresa. Dando mais valor a mim, sempre.
O que não quero mesmo é ficar embaixo das cobertas, por mais cômodo que seja, onde o mundo não me afeta, deitado por inteiro, contando ao travesseiro onde e como dói. Tá na hora de deixar que o mundo me machuque, me mande suas surpresas, suas questões indefinidas, seus jogos quase mortais (profundo, rs)
Acho que a vida é um sarcasmo.


(O nascimento de um novo homem / Salvador Dalí)

Um comentário:

Edilson disse...

Querido Rond:

A vida é uma sucessão de grandes desafios,precisamos ter coragem para encará-los e seguir em frente e permanecermos vivos.Tarefa árdua e libertadora.Lindo fim de semana...beijooo.